Associação de Bares e Restaurantes concorda com restrição de horário

Foto: Andréa Rêgo Barros

Após o governo do estado anunciar que bares e restaurantes de Pernambuco terão que fechar às 20h nos dias 24 e 31 deste mês, vésperas de Natal e de Ano Novo, respectivamente, para evitar que pessoas fiquem nas ruas nas comemorações, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes seccional Pernambuco (Abrasel-PE) informou que estava ciente da medida antes de ela ser divulgada e que concorda com a restrição.

O presidente da entidade, André Luiz Araújo, afirmou que o setor foi informado pelo estado sobre a decisão em uma reunião realizada na última quarta-feira (9). A medida foi anunciada para a população nessa quinta-feira (10), pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, em coletiva de imprensa transmitida virtualmente.

Para André Luiz, a decisão é apropriada e o cumprimento dela será a contribuição do setor no enfrentamento à pandemia da Covid-19. “Tivemos uma reunião prévia, onde nos explicaram sobre o crescimento nos números durante três semanas. O nosso setor vem se recuperando e isso sinaliza que estamos no caminho certo. Vamos cumprir a decisão, fazendo a nossa contribuição neste momento”, afirmou o presidente da Abrasel-PE.

Ele ressaltou que os bares e restaurantes de Pernambuco ainda têm vantagem em relação aos estabelecimentos de outros estados, com a possibilidade de funcionar até a meia-noite – exceto nos dias 24 e 31 -, de vender bebidas alcoólicas e de ter música ao vivo. “Estamos colaborando para a aplicação do protocolo e o número de estabelecimentos que não estão cumprindo é pequena. Dos 300 bares fiscalizados (pelo Procon), por exemplo, apenas 6% não estavam de acordo com as determinações. Ainda assim, a maioria desses não era de casos graves”, pontuou. Denúncias sobre estabelecimentos que não cumprirem o decreto podem ser feitas, com envio de fotos e vídeos, pelo WhatsApp do Procon Pernambuco: (81) 3181-7000.

Fonte: Diário de Pernambuco | 11 de dezembro de 2020.