Vendas a prazo no Natal crescem pelo segundo ano consecutivo, diz SPC

Foto: Pixabay

As vendas de Natal cresceram pelo segundo ano consecutivo em 2018, depois de três anos de queda, segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Levantamento divulgado nesta quarta-feira mostra que as consultas do comércio feitas ao SPC para realizar vendas a prazo nos 21 dias anteriores ao Natal (entre 4 e 24 de dezembro) aumentaram 2,66% sobre igual período de 2017.

Em 2017, o crescimento havia sido de 2,13%. O desempenho deste ano é o melhor desde 2014, quando houve recuo de 8,3% nas consultas para vendas a prazo. Em 2015, a retração foi de 4,16% e, em 2016, houve queda de 2,29%.
“Após um período de retração da economia, observa-se uma perspectiva positiva do cenário pós-eleições, que estimulou muitos consumidores a irem às comprarem neste Natal”, afirmou a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, em comunicado.

Ainda de acordo com a pesquisa, o gasto médio do brasileiro com os presentes de Natal foi de R$ 115,90 neste ano.

Fonte: Valor Econômico | 26 de dezembro de 2018