Shoppings centers planejam faturar R$ 3 bi em Black Friday deste ano

Lançada no Brasil em 2010, a Black Friday já é uma data aguardada pelos brasileiros. Segundo um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (ALSHOP), a estimativa é de um crescimento nas vendas de 18% em relação ao ano passado. Além disso, o varejo físico espera um faturamento acima de R$ 3 bilhões.

Lojas de shoppings centers no Brasil terão promoções de Black Friday

Segundo os associados à ALSHOP, os segmentos mais procurados da Black Friday são: eletroeletrônicos, vestuário, perfumaria e cosméticos. Além das lojas, os supermercados também deverão fazer promoções, porém menos agressivas. Entre os produtos deste segmento que estarão em promoção, destacam-se vinhos, licores e chocolates.

Motivos para ir às compras

Entre os principais motivos deste aumento estão a queda na taxa de juros, liberação do FGTS, PIS/PASEP e pagamento da primeira parcela do 13º salário.

“Com a baixa na SELIC, o acesso ao crédito melhorou e muitas famílias puderam sair do vermelho por conta da liberação do FGTS”, explica Luís Augusto Ildefonso, diretor institucional da ALSHOP.

Pesquisa realizada pelo Google em parceria com a Provokers mostra que as intenções de compra estão 58% maiores este ano em comparação a 2018. Além disso, o interesse em comprar em lojas físicas começa a se igualar à procura pelas lojas online — que tem maior destaque pelas promoções dos e-commerces.

Fonte: Ecommerce Brasil | 19 de novembro de 2019