Queda nas vendas no varejo acelera na segunda semana de março, aponta Cielo

Foto: Getty Images

Dados compilados pela credenciadora de cartões Cielo mostram que as vendas no varejo estão caindo fortemente devido à pandemia do coronavírus. Na primeira semana de março, a redução foi de 3,8% em comparação ao mesmo período do mês anterior. Já na segunda semana do mês, a retração foi de 6% em relação ao período equivalente de fevereiro. Na cidade de São Paulo, a queda havia sido de 0,4% na primeira semana de março, mas passou a 8,2% nos sete dias seguintes, também na comparação com as semanas equivalentes de fevereiro.

A Cielo projeta esses dados com base em informações obtidas das transações feitas nas maquininhas de cartões. Metade dos estabelecimentos do país com o equipamento é cliente da companhia. Em todo o país, há setores que estão com crescimento nas vendas, impactados pelo comportamento de estocagem dos consumidores. No caso de drogarias e farmácias, há aumento de 16,7% nas vendas na segunda semana de março, em relação ao mesmo período de fevereiro e, em supermercados, o aumento é de 13,6%. Por outro lado, turismo e transporte tiveram queda de 41% nas vendas na segunda semana de março, em comparação a fevereiro. Em São Paulo, há aumento de 25,7% nas vendas das farmácias, de 18,1% nos supermercados e queda de 74,4% no setor de turismo e transporte.

Fonte: Valor Investe | 18 de março de 2020