Pesquisar preço é hábito de 47% dos consumidores

Em busca de preços melhores, cerca de 47% dos consumidores brasileiros pesquisaram ofertas na internet antes de finalizar uma compra. Os dados são de um estudo da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) divulgados ontem (23).

“Os consumidores estão cada vez mais exigentes e bem informados, transitando o tempo todo por diferentes plataformas durante o processo de compra. A internet trouxe às pessoas a liberdade de comprar quando e onde quiserem e as empresas precisam se adaptar a essa nova era”, diz o presidente da CNDL, José Cesar da Costa.

Entre os que pesquisam antes, a maioria busca informações sobre preços (38%), detalhes e características daquilo que pretendem adquirir (22%) e também a opinião de outros clientes sobre a experiência de compra (10%). Apenas 18% dos entrevistados compram direto em lojas físicas sem fazer qualquer consulta no ambiente virtual. Outros 35% recorrem à consulta apenas eventualmente, a depender do tipo de produto ou serviço que buscam.

De acordo com a pesquisa, os itens mais pesquisados na internet antes da aquisição na loja física são os eletrodomésticos (58%), smartphones (56%), eletrônicos (51%), roupas e acessórios (32%) e cosméticos e perfumes (30%). Quando precisam se informar sobre os produtos ou serviços que pretendem adquirir, 47% dos internautas buscam informações em sites que mensuram índices de reclamações, enquanto 35% preferem os sites ou aplicativos da própria empresa.

Na direção oposta, cerca de 25% dos consumidores vão até uma loja física antes de finalizar a compra virtual. O principal motivo é ter mais detalhes sobre o produto.

Fonte: DCI | 24 de agosto de 2018