Pernambuco terá centro de distribuição da Amazon

Foto: Marcelo Bruzzi/Divulgação

A norte-americana Amazon anunciou, nesta quinta-feira (12), que Pernambuco foi escolhido para a instalação do Centro de Distribuição (CD) da empresa na região Nordeste. Essa será a primeira operação física da Amazon fora de São Paulo. A base será instalada no centro logístico Armazenna Suape, no município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, com capacidade de reduzir o prazo mínimo de entrega no Recife para até dois dias úteis.

O CD estará em operação já no fim deste mês, gerando centenas de empregos diretos e indiretos. O anúncio da parceria ocorreu em reunião do governador Paulo Câmara com o presidente da Amazon no Brasil, Alex Szapiro, na manhã desta quinta, em São Paulo. O valor do investimento e a previsão de faturamento do CD não serão divulgados, respeitando as regras de sigilo que envolvem companhias com capital aberto.

Também participaram do encontro o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach; o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima; e o presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Leonardo Cerquinho. Por parte da Amazon, estiveram presentes o diretor de Operações, Ricardo Pagani, e o gerente de Políticas Públicas, João Barroso.

“Estamos satisfeitos que a Amazon tenha escolhido Pernambuco para sediar seu mais novo centro de distribuição no Brasil. Esse investimento, tendo em vista a qualidade das instalações, ajudará a impulsionar a nossa economia, gerando emprego e renda, além de reforçar a nossa condição de hub natural do Nordeste”, afirmou Paulo Câmara.

“Nós estamos felizes em levar mais conveniência aos consumidores brasileiros e em contribuir para a economia da região. O anúncio de hoje representa o compromisso de longo prazo da Amazon com o Brasil e, principalmente, com nossos clientes em todas as regiões”, afirmou Alex Szapiro, presidente da Amazon no Brasil. “Além de oferecermos entrega mais rápida para a região Nordeste, clientes do Amazon Prime, programa de benefícios que lançamos em setembro, poderão usufruir dessa rapidez no envio com frete grátis em qualquer pedido”, acrescentou.

Com o anúncio oficial da Amazon, o Estado atinge a marca de 114 empresas que anunciaram novos negócios ou a expansão de suas operações em Pernambuco somente neste ano. São empreendimentos que, juntos, somam R$ 14,4 bilhões em investimentos e têm potencial para abertura de 22 mil postos de trabalho formais, no médio e longo prazos.

Fonte: Folha de Pernambuco | 12 de dezembro de 2019.