Para 90% dos lojistas, Semana Brasil pode impulsionar vendas no comércio

Conhecida como Black Friday brasileira, a Semana Brasil inicia nessa quinta-feira (3) e vai até 13 de setembro. De acordo com pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo), para 90% do varejo de São Paulo, descontos e promoções oferecidos devem atrair consumidores para o comércio.

“Com retomada do comércio, acredito que a Semana Brasil será uma grande oportunidade para estimular as vendas. Os lojistas poderão aproveitar a campanha para oferecer descontos atrativos e movimentar a economia após os meses de fechamento, devido a pandemia de Covid-19”, explica o presidente da FCDLESP, Maurício Stainoff.

Para os lojistas, os setores que mais podem ser beneficiados são perfumes e cosméticos, vestuário, eletrônicos e móveis. Dessa maneira, eles estimam que esses departamentos deverão aquecer e resultar um impacto positivo nas vendas.

Cenário de vendas

Cerca de 80% dos lojistas relatam que as redes sociais são os meios mais utilizados na divulgação da Semana Brasil, mas supõem que as vendas ficarão equilibradas entre as lojas físicas e virtuais.

Além de oferecer descontos progressivos, oito em cada dez lojistas acreditam que facilitar as formas de pagamento – como o aumento do número de parcelas – é o melhor método de atrair os clientes.

A pesquisa foi realizada com a participação das principais CDLs do Estado de São Paulo.

Fonte: Mercado & Consumo | 04 de setembro de 2020.