Os erráticos rumos do omnichannel no varejo brasileiro

Errática é a palavra que define os atuais rumos do omnichannel no varejo brasileiro. As empresas entenderam que sua base de clientes é seu principal ativo de valor, sentiram-se pressionadas pela onda de multicanalidade e entraram na moda, mas ainda não colocaram em prática o conceito com a efetividade imperativa que o tema impõe.

Ler mais

A transformação do varejo atual e o varejo futuro

Prestes a completar um ano na Nielsen Brasil, após uma longa temporada na Ásia e um breve período em Madri, na minha terra natal, ainda me vejo desbravando o mercado brasileiro, entendendo suas singularidades e os pontos de convergência do modelo nacional com o que é praticado no resto do mundo, em especial nos países desenvolvidos.

Ler mais

Meios de Pagamento: o buraco é mais embaixo

Definitivamente o que está em jogo não é apenas o mercado de R$ 1,55 trilhões que cresce consistentemente dois dígitos nos últimos anos, segundo os dados da ABECS – Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito.

Ler mais