Não gostou do presente? Regras para a troca devem ser observadas

A noite de véspera de Natal é tradicional para trocas de presentes entre familiares e amigos. Mas como ocorre em toda as famílias, há muitos presentes que desagradam. É aí que começa a saga de retorno às lojas para a troca. O PROCON Recife orienta sobre os direitos do consumidor nesse quesito e adianta que as trocas são são obrigatórias em caso de peças com defeitos. Além desse motivo, fica a critério de cada estabelecimento apresentar as respectivas políticas de troca. Compras online têm regras diferenciadas.

Ler mais

6 soluções do varejo que se aproximam da série “Black Mirror”

A série “Black Mirror” faz sucesso pelas críticas sociais. Os episódios falam principalmente sobre a relação dos homens com a tecnologia. A série é produzida por vários diretores e roteiristas, que se revezam entre as temporadas. Todos os episódios são impactantes, já que as distopias trazem uma semelhança assustadora com a realidade.

Ler mais

Após fechar 223 mil lojas em três anos, varejo retoma inaugurações

Neste ano, pela primeira vez desde o início da crise, o varejo abriu mais lojas do que fechou no País. Até outubro, entre abertura e fechamento de pontos de venda, 6 mil unidades foram inauguradas e a expectativa do setor é que o ano termine com um saldo de 7 mil novos estabelecimentos. Os números demonstram uma retomada do varejo, ainda que lenta e insuficiente para compensar o estrago dos anos de recessão. Entre 2015 e 2017, 223 mil lojas fecharam as portas.

Ler mais

Confiança do comércio sobe 5,7 pontos em dezembro ante novembro, aponta FGV

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 5,7 pontos na passagem de novembro para dezembro, atingindo 105,1 pontos, no maior patamar desde abril de 2013, quando estava em 105,6 pontos informou nesta quarta-feira, 26, a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em médias móveis trimestrais, o indicador avançou 5,5 pontos, na terceira alta consecutiva.

Ler mais

Como os shoppings estão domando o ecommerce

Antes tido como uma ameaça mortal, o ecommerce está aos poucos se tornando uma oportunidade para os shopping centers brasileiros.

As principais redes do Brasil estão montando seus próprios marketplaces e azeitando a logística para incentivar seus lojistas a fazer o que antes era anátema: vender online.

Ler mais

Gastos com presentes devem aumentar neste Natal

Os gastos dos brasileiros com presentes devem aumentar no Natal deste ano.

É o que aponta pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), segundo a qual 14,6% dos consumidores têm a intenção de usar a segunda parcela do 13º salário para comprar presentes. Eram 11,9% no ano passado.

Ler mais

CMN facilita concorrência no setor de cartões de crédito

A partir do fim de janeiro, os lojistas deixarão de ser obrigados a fazer operações que antecipam o recebimento do dinheiro de vendas por cartões de crédito com uma única instituição financeira. O Conselho Monetário Nacional (CMN) liberalizou o mercado de antecipação de recebíveis, reduzindo a exclusividade de contratação, conhecida como “trava bancária”.

Ler mais

E-commerce é principal aposta das grandes redes brasileiras

Antes tido como uma ameaça mortal, o e-commerce está aos poucos se tornando uma oportunidade para os shopping centers brasileiros. As principais redes do Brasil estão montando seus próprios marketplaces e azeitando a logística para incentivar seus lojistas a fazerem o que antes era desprezado: vender on-line.

Ler mais

9,3 milhões de brasileiros devem fazer compras de Natal na última hora

Faltando apenas uma semana para o Natal, alguns consumidores brasileiros não perdem o velho costume de deixar tudo para a última hora. Dados apurados nas capitais brasileiras pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estimam que 9,3 milhões de pessoas pretendem realizar as compras de Natal apenas nesta semana que antecede a comemoração, o que representa 8% dos consumidores que têm a intenção de presentear alguém neste fim de ano.

Ler mais

Varejistas de moda estão otimistas com Natal e novo ano

O final do ano é a época mais aguardada pelo varejo de moda, pois traz consigo a perspectiva de um aumento nas vendas de itens de moda. “Nesta data as roupas sempre estão na lista de itens mais procurados, seguidas de calçados e acessórios, como bolsas, bijuterias e joias”, disse Edmundo Lima, diretor executivo da ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), entidade que representa cerca de 90 grandes marcas do varejo de moda brasileiro.

Ler mais