Entidades de lojistas contestam crescimento de vendas no Natal

Foto: A Tarde

A Associação Brasileira dos Lojistas de Shopping (Alshop) recebeu nesta segunda-feira, 6, uma notificação da Associação Brasileira dos Lojistas Satélites (Ablos) contestando uma pesquisa que afirma que as vendas de Natal nos shoppings cresceram 9,5% em 2019 em comparação a 2018. Tito Bessa Junior, presidente da Ablos, explica que se não houver uma resposta dentro de 20 dias, a próxima notificação será encaminhada judicialmente para a entidade.

“Nossa constatação é baseada em dados de cartões de crédito e em conversas com sindicatos de lojistas. Esses dados são mentirosos e foram divulgados de forma circense, digna de uma parada da Disney. Uma notícia dessas faz com que os lojistas se sintam incompetentes, né? Afinal, se as vendas no Brasil cresceram 9,5%, porque as suas vendas malmente empataram com 2018?”, explica Tito Bessa.

A pesquisa feita pela Alshop diz ter como base dados do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), mas o próprio instituto negou, através de nota em seu site, ter realizado tal pesquisa: ‘O Ibope Inteligência esclarece que não realizou pesquisa sobre o crescimento das vendas em shoppings durante o período de Natal’, diz a nota.

Negativa

Na verdade, comenta Alberto Nunes, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Salvador, pelo que se viu até o momento, esse crescimento não aconteceu.

“Por isso estamos contestando junto a outras instituições, pois antes de qualquer coisa isso apenas não aconteceu. Não em Salvador, na Bahia ou no Brasil. Com base nas conversas que tenho tido com os lojistas, esse crescimento foi bem pouco ou no máximo empatou com o ano passado”, explicou Alberto.

A Alshop foi procurada para falar sobre o assunto, mas até o fechamento desta edição não conseguimos fazer contato.

Fonte: A Tarde/Uol | 07 de janeiro de 2020