E-commerce: quatro dicas para obter sucesso com sua loja digital

Com a evolução da tecnologia, muitas práticas no comércio se modificaram, a fim de se modernizar e atender às novas necessidades dos consumidores. Sem os custos das lojas tradicionais, como aluguel de espaço, contratação e treinamento de funcionários, as lojas online oferecem preços mais competitivos e ofertas personalizadas aos consumidores. Com tantos benefícios, o mercado digital democratizou o varejo, atraindo também quem nunca vendeu presencialmente, aumentando a concorrência e a oferta de produtos.

Seja se preparando para iniciar um novo negócio nos meios digitais, seja migrando do presencial ou expandindo os negócios, é necessário um entendimento de como utilizar a tecnologia a seu favor, por meio de estudo de mercado, estrutura logística e adoção de estratégia de marketing.

Quatro passos são essenciais para o sucesso ao ingressar no mercado digital:

Priorize soluções que valorizem a privacidade do cliente

Mesmo que já possua experiência no mercado presencial, é importante conhecer os métodos de venda nos meios digitais. Assim como existem necessidades específicas em vendas presenciais, no mundo digital devem ser realizadas ações para garantir o funcionamento de seu negócio. Escolher a melhor plataforma para hospedar o seu site é uma delas.

Para ser bem sucedida, uma plataforma de e-commerce precisa garantir uma navegação intuitiva e uma experiência compra 100% segura para seus consumidores. É importante buscar por softwares de e-commerce que possuem uma boa política de privacidade, em conformidade com as legislações de proteção de dados, e que sejam de fácil manutenção e atualização.

Conheça o cliente

Vender através do mercado digital dispensa a necessidade de manter um espaço físico para atender clientes, mas criar uma conexão com seus consumidores é essencial. Para acompanhar o seu cliente por meio do funil de venda, é necessário escolher uma plataforma de CRM que permita acompanhar cada venda, interesse, visualizações da página e clique realizado em seu website. Existem diversas plataformas no mercado que atendem públicos diferentes, com preços e complexidades distintas. Procure a plataforma que se encaixa melhor dentro do seu orçamento e que se adeque ao tipo de negócio que você vai iniciar.

Esteja sempre presente

O seu sucesso vai depender do alcance ao consumidor. Por isso, é fundamental investir em marketing. Ao iniciar um e-commerce, é importante conhecer as estratégias de marketing digital, a fim de atrair o maior número de clientes e fortalecer a marca. SEO, Inbound Marketing, Google Ads e redes sociais são as estratégias básicas.

A maioria dos consumidores está na internet, então estude o perfil do seu cliente e descubra qual a rede social que ele mais frequenta, o tipo de conteúdo que ele acessa e quais suas preferências. A partir daí, você pode começar a buscar plataformas que te auxiliem na postagem, criação de conteúdo e gerenciamento de mídias. Algumas plataformas permitem que as marcas respondam comentários, mensagens diretas e agendem postagens em um único lugar, facilitando o contato.

Organize suas operações

Ainda que não seja necessário contratar uma equipe especialista em tecnologia para colocar o seu negócio no ar, é importante contar com o auxílio de ferramentas que podem facilitar a implantação e o gerenciamento dos negócios online. Ferramentas de planejamento e organização são essenciais para acompanhar o estoque, a entrega dos produtos, os pagamentos que precisam ser feitos e o fluxo de vendas. É importante escolher um fornecedor de software que possua funções integradas, centralizando tudo em um só programa, para agilizar e facilitar o gerenciamento dos negócios.

Migrando do mercado presencial ou não, é importante analisar as especificidades do mercado digital. Analisar o concorrente e as tendências do seu ramo de operação é parte importante da estratégia de adoção de um e-commerce. Oferecer um bom produto ou serviço, investindo no marketing, com uma estrutura logística e operacional, pode ser o diferencial para que o seu negócio, em meio a tantas opções, prospere no mercado digital.

Fonte: Mercado & Consumo | 30 de setembro de 2020.