Dona do Montana Grill, Croasonho e Jin Jin planeja expansão em 2020

A Halipar, holding de redes de alimentação que controla as marcas Griletto, Montana Grill, Croasonho e Jin Jin, se prepara para expandir em 2020. A companhia prevê inaugurar até 45 unidades no ano e chegar a um faturamento de 800 milhões de reais, alta de 14% em relação a 2019.

Depois de receber um aporte de um fundo, também está de olho em oportunidades de busca crescer por meio de aquisições.

Hoje com 415 unidades de quatro marcas em 121 cidades, o atual presidente Ricardo José Alves começou o negócio ao abrir uma loja Griletto em um shopping center em Itu, no interior de São Paulo, em 2004. A ideia se manter no negócio de alimentação, depois que sua rede de seis açougues começou a competir mais fortemente com supermercados.

Após abrir 12 unidades próprias, iniciou o processo de expansão por meio de franquias em 2009. Cinco anos depois, já eram 130 unidades. Já em 2014, a dona da Griletto praticamente dobrou de tamanho com a aquisição da Montana, sua principal rival na venda de pratos feitos com foco na proteína.

A Halipar foi criada em 2015, com a fusão das duas marcas com a empresa Ornatus, que detinha a marca Jin Jin, de alimentos orientais. Foi então que o fundo de private equity G5 Evercore comprou uma participação na holding. A empresa não abre o valor do aporte. Já naquela época, o plano era continuar crescendo por meio de compras de outras redes de alimentação.

Expansão em espera

A primeira aquisição depois da entrada do fundo foi em 2017, com a compra da rede de croissants recheados Croasonho.

A crise econômica, no entanto, pausou o plano de expansão da Halipar. “Olhamos muitas marcas, mas estavam em dificuldades e não queríamos prejudicar nosso próprio balanço ao incorporá-las”, diz o presidente Ricardo José Alves.

Durante os anos de espera pela retomada da economia, a companhia organizou a casa: inaugurou uma nova sede, ampliou a fábrica e sua capacidade de produção.

A nova sede foi aberta em janeiro de 2019, em Indaiatuba, interior de São Paulo. Além do escritório para as áreas administrativas, como financeiro, TI, expansão e logística, o espaço concentra ainda uma fábrica, com 5 mil metros quadrados e 200 colaboradores, e uma cozinha experimental, para a degustação de novos produtos e painéis para franqueados.

Fonte: Mercado & Consumo | 18 de fevereiro de 2020.