brMalls e Santander Brasil fecham parceria para apoio a lojistas de shoppings

A brMalls e o Santander Brasil firmam uma parceria para dar suporte financeiro aos seis mil lojistas dos 26 shoppings administrados pela companhia que foram impactados pela crise da Covid-19. O banco oferece R$ 350 milhões em crédito pré-aprovado para capital de giro e antecipação de recebíveis com condições especiais em garantia e taxas.  O apoio chega em uma boa hora para que os pequenos e médios empreendedores possam dar continuidade às suas estratégias na retomada das atividades e se preparar para o segundo semestre, que é marcado pela Black Friday e Natal.

Os lojistas da brMalls contarão com uma linha de crédito para capital de giro com prazo de pagamento de até 60 meses, até 90 dias de carência para quitação da primeira parcela e juros a partir de 0,65% ao mês. A linha permite agregar diferentes tipos de garantia, conforme disponibilidade do cliente, como por exemplo: diferentes tipos de bens, aplicações e investimentos financeiros.

“Mesmo com a retomada gradual e consciente do varejo, os impactos provocados pela covid-19 ainda serão sentidos no curto e médio prazo. Diante disso, é fundamental estarmos ao lado do nosso lojista, para continuarmos buscando soluções sustentáveis e que contribuam para que ele supere esse momento desafiador”, ressalta Jini Nogueira, diretora Comercial da brMalls.

Os empreendedores que precisarem levantar receita de forma rápida também contam com a possibilidade de antecipar suas vendas a crédito feitas por diferentes adquirentes. As taxas são a partir de 0,95% ao mês, de acordo a modalidade de adiantamento: automático, para os lojistas que venham a utilizar o serviço com frequência; ou pontual, para o caso de necessidades específicas. É necessário ser correntista do banco para contar com essas condições, incluindo três meses de isenção da tarifa do pacote de serviços.

“O varejo é um dos setores que mais precisam de fôlego financeiro para sustentar a perenidade de seus negócios. A parceria com a brMalls é uma forma de apoiar o segmento e contribuir para a sobrevivência desses empreendedores que sempre desempenharam um papel relevante na economia do País”, afirma Franco Fasoli, diretor de Empresas, Governos e Instituições do Santander Brasil.

Segundo Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da Gouvêa Malls, a relação entre lojistas e shopping Centers já vinha evoluindo aos poucos e esse movimento se acelerou com a Covid-19. “Hoje muitos centros comerciais já se deram conta de que é essencial apoiar os varejistas, em especial os pequenos e médios, para que eles possam atravessar esse momento complicado, onde os efeitos da pandemia se somam à freada na economia e, de quebra, a dinâmica do varejo também sofre profundas alterações, como a questão da omnicanalidade, que ganhou maior importância, por exemplo. Dentro da indústria de shoppings, a brMalls tem se destacado nesse suporte aos lojistas, com iniciativas como o Juntos pelo Varejo, brMalls Partners e agora essa parceria com o Santander para oferecer crédito aos seus parceiros”, disse.

Essa é mais uma das ações da brMalls que buscam soluções financeiras em parceria com bancos, e integra o conjunto de iniciativas do Juntos pelo Varejo, programa lançado em abril para apoiar os lojistas e empreendedores neste momento desafiador. A primeira parceria, fechada em abril, foi com o Banco Inter, que liberou linha de R$ 300 milhões para os lojistas. O projeto também oferece a curadoria de conteúdo de boas práticas e o compartilhamento de informações de especialistas sobre o setor.

Fonte: Mercado & Consumo | 19 de agosto de 2020.