Black Friday: Saiba mais sobre a data que movimenta o comércio no mundo todo

Foto: Folha de PE

A essa altura do ano, você já deve estar ouvindo muito por aí duas pequenas palavras em inglês que remetem a promoções incríveis para comprar aqueles produtos que você mais deseja e, o melhor, com desconto, palavra mágica para qualquer consumidor. É a Black Friday, data já incorporada ao calendário do comércio mundial, que marca o dia em que os estabelecimentos oferecem aos consumidores a chance de comprar produtos ou serviços por preços bem menores do que aqueles que são normalmente praticados.

A Black Friday é uma campanha de vendas que oferece descontos de até 80% nos mais variados tipos de produtos. Criada nos Estados Unidos, a Black Friday sempre acontece na última sexta-feira do mês de novembro, logo depois do feriado do Dia de Ação de Graças. A época do ano é propícia: por acontecer próxima ao Natal, a data permite que as pessoas já adiantem suas compras para presentear amigos e parentes com preços mais convidativos.

Este ano, a Black Friday ocorre no dia 29 de novembro. A expectativa é alta, tanto dos varejistas que esperam aumentar suas vendas, quanto dos consumidores, que desejam encontrar bons descontos. Em vários países pelo mundo, como Canadá, Nova Zelândia, Austrália, Reino Unido ou México, nos quais a Black Friday já se tornou uma tradição, a promessa é de que será possível encontrar reduções de até 80% nos valores de diversas mercadorias. A Black Friday já se firmou tanto no calendário do comércio que, este ano, até bancos, seguradoras, empresas de serviços diversos e restaurantes passaram a enxergar a data como uma oportunidade para movimentar seus negócios e entraram de vez na Black Friday.

No Brasil, onde a Black Friday acontece desde 2010, é preciso ficar atento às promoções. Infelizmente as pegadinhas não são raras de acontecer na Black Friday brasileira. Um exemplo são os falsos descontos, quando as empresas usam de subterfúgios como aumentar o preço dias antes da Black Friday para depois reduzi-los. Este ano, empresas como Americanas.com, Amazon e Submarino, entre outras, integram o Compromisso Black Friday de Verdade, uma iniciativa criada pela empresa de soluções digitais Proxy Media em 2014 para identificar lojas que se comprometem a praticar descontos reais na Black Friday.

Outro fato negativo é quando hackers aproveitam a data para invadir computadores e smartphones dos consumidores, enviando promoções incríveis por e-mail com links que redirecionam a sites fraudulentos, que, muitas vezezs, imitam as páginas originais de grandes lojas. O Procon orienta os consumidores de como agir na Black Friday para aproveitar as promoções. Além disso é preciso ficar atento e evitar clicar em ofertas recebidas por email ou redes sociais para não correr risco de baixar vírus para seu computador ou smartphone. O melhor é sempre fazer a pesquisa do produto desejado diretamente no endereço oficial da loja na web.

Para além dos golpes, é grande a expectativa para a Black Friday 2019 no Brasil. Segundo os especialistas de mercado, o faturamento desta edição deve crescer cerca de 21%, ultrapassando os R$ 2.6 bilhões do ano passado. Smartphones, televisores, perfumaria, roupas e calçados são os produtos que estão sendo mais cobiçados pelos clientes, que já começaram a realizar suas buscas pela internet.

Veja abaixo algumas dicas para aproveitar ao máximo a Black Friday 2019.

Planeje-se
Fazer uma lista do que você deseja adquirir na Black Friday é fundamental para evitar desperdícios e não cair em tentação, fazendo compras descontroladas, que podem acabar pesando no orçamento. A dica é estabelecer um limite de gastos e priorizar a compra daqueles itens que você mais precisa.

Fuja dos horários de pico
Já imaginou milhões de brasileiros acessando o mesmo site que você para aproveitar os descontos da Black Friday? Nos horários de pico, a tendência é de que as páginas fiquem instáveis, ficando difícil até mesmo finalizar as compras. A sugestão é acordar muito cedo para evitar o congestionamento na web para adquirir seus produtos.

Cuidado com o frete
Muitas vezes na Black Friday o preço do frete pode ficar bem mais salgado e, dependendo do valor, a compra pode sair até mais cara do que antes da promoção. Ao fazer compras pela internet neste dia, fique de olho.

Atenção aos sites
Sempre verifique se o site em que você realizará a compra possui o cadeado de segurança ao lado do endereço e se possui “HTTPS” no começo da URL. Esse selo aumenta a segurança, uma vez que criptografa os dados presentes na página.

O Procon de São Paulo possui uma lista de páginas que não são recomendadas para a compra. Vale a pena fazer essa consulta, para evitar surpresas desagradáveis.

Peça a nota fiscal
Não deixe de pedir sua nota fiscal, pois em caso de haver algum problema é esse o documento que dá direito ao consumidor de registrar uma reclamação no Procon.

 

Fonte: Folha de Pernambuco | 28 de novembro de 2019