Anac libera testes para entrega de produtos com drones

Foto: iFood/Divulgação

Parece que aquele sonho de receber a sua encomenda direto na janela de casa está mais próximo de se tornar real. Nesta semana, a Agência Nacional de Avião Civil (Anac) autorizou empresas de delivery a realizarem testes com drones para a entrega de produtos.

O documento, válido até agosto de 2021, libera testes BVLOS (sigla em inglês, que significa “além da linha de visão”), ou seja quando o operador do drone não precisa ter contato visual com a aerovane para poder conduzi-la. Ainda assim,  a execução dos voos só será permitida durante o dia, respeitando uma distância máxima de 2,5 quilômetros do ponto de decolagem. 
Ainda de acordo com autorização da Anac, apenas um tipo específico de drone será liberado para os testes. É o modelo DLV-1, que pesa 9 kg, voa a até 32 km/h e consegue carregar encomendas de até 2 kg. 
Entre as companhias que estão desenvolvendo projetos para o delivery de produtos com drones, estão a Amzazon, o Google e o Walmart. No Brasil, a primeira empresa a ser liberada para testes com a aeronave de pequeno porte foi a Speedbird, que solicitou o documento à Anac em setembro do ano passo e iniciou os testes em janeiro deste ano.
Fonte: Diário de Pernambuco | 12 de agosto de 2020.